skip to Main Content
Como Saber O Melhor Regime Tributário Para Minha Empresa?

Como saber o melhor regime tributário para minha empresa?

Melhor regime tributário: entenda o que deve ser levado em consideração antes de fazer essa escolha tão importante!

Uma dúvida bastante comum e muito pertinente a vários empreendedores é:

Qual o melhor regime tributário para minha empresa? Como escolher?

Ao optar pelo regime de tributação errado, sua empresa tem que pagar multas e encargos mais altos, o que, certamente, pesa no seu bolso por estar fora do planejamento financeiro da empresa.

Por isso, já te adiantamos que é muito importante conversar com seu contador e estudar as possibilidades para que não pague impostos desnecessários e tenha uma carga tributária menor.

Mas, como saber qual é o melhor regime tributário para a sua empresa?

Não preocupe, pois vamos te ajudar a verificar qual a o regime tributário mais vantajoso para seu negócio.
Vamos lá?

O ponto de partida…

Atualmente, são três as principais modalidades de tributação para pessoa jurídica:

Simples Nacional

É uma opção de simples tributação, vez que reúne os principais impostos em um único boleto. Normalmente esse é o modelo tributário de microempresas e empresas de pequeno porte que faturam até 3,6 milhões de reais ao ano.

Lucro Real

Frequentemente utilizada em empresas de grande porte, cujo faturamento é acima de 78 milhões por ano e, como o próprio nome sugere, o lucro apurado é o real, ou seja, somam-se às receitas e, deste valor subtraem-se as despesas e custos, dessa maneira é determinado o lucro real.

Lucro Presumido

É um regime tributário para empresas que faturam até R$ 78 milhões ao ano. É uma forma de tributação simplificada, que apura somente 2  impostos – CSLL e IRPJ – pagos trimestralmente.

Certo! E como definir qual destes se adequa melhor à minha empresa?

Para identificar qual é o modelo de tributação mais adequado para sua empresa, é preciso que leve em consideração diversos fatores, como:

  • Faturamento;
  •  Atividades descritas no CNPJ;
  •  Incidência do INSS sobre a folha de pagamento.

Logo, não há uma resposta pronta para essa pergunta e, por esse motivo, o mais assertivo é que seja feita uma análise de balanços dos anos anteriores ou da projeção de faturamento para o ano seguinte.

Quem pode me ajudar?

Sendo assim, é indispensável que você conte com o auxílio de uma boa contabilidade antes de tomar qualquer decisão referente ao regime tributário
para sua empresa.

Isso se deve ao fato de o contador ser o profissional mais capacitado para fazer com propriedade todos os cálculos necessários para lhe indicar qual o
melhor caminho a ser seguido por sua empresa.

Então, nessas horas, não se deixe levar por opiniões que não venham de um especialista.

Sua empresa é única, e cada empreendimento tem suas especificidades, e todas elas devem ser levadas em conta:

  • Análise dos riscos envolvidos;
  • Possibilidades de menores receitas;
  • Perspectivas de crescimento;
  •  Fatores para tomada de decisão.

Na pior das situações, uma escolha errada fará com que você tenha que arcar com tributos em excesso, incluindo juros e multas.

Portanto, se você precisar de ajuda, venha conversar conosco!

Nossa contabilidade tem a missão de gerar maior economia, lucro e produtividade, oferecendo soluções inteligentes para sua empresa crescer cada vez mais sólida e lucrativa!

Confira Nossos Servicos - C. A. Nova Contabil no Rio de Janeiro - RJ

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a C.A. Nova?

Somos uma Empresa Contábil – RJ, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @canovacontabil

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendado só para você!
Você já ouviu falar que “a mentira tem perna curta”?…
Back To Top