skip to Main Content
Como Renegociar Dívidas De Um Restaurante?

Como renegociar dívidas de um restaurante?

Entenda a melhor forma de renegociar dívidas e salvar seu restaurante do risco de falência

Vamos te mostrar como, em 4 etapas, renegociar dívidas de forma efetiva e garantir o futuro do seu negócio! 

A crise econômica que impactou o país em decorrência da pandemia de Coronavírus trouxe diversas consequências para os negócios, os colocando à beira da falência. 

Neste cenário, desorganização financeira, dívidas e percalços se tornaram parte dos desafios a serem encarados. 

Sendo assim, hoje, vamos falar sobre como renegociar dívidas e garantir que o seu restaurante volte a ter uma perspectiva de futuro promissora. 

As 4 etapas para renegociar dívidas 

Esse assunto não é algo que você, como gestor, gostaria de tratar… Contudo, se dívidas surgiram, é preciso entender como lidar com elas da forma mais efetiva possível. 

Dessa forma, essas 4 etapas são um guia para que você consiga renegociar dívidas de forma inteligente e garantir que não seja um problema futuro para o seu negócio. 

Sendo assim, vamos ao que interessa. 

1. Entenda a sua dívida 

Antes de agir, é preciso ponderar e entender o que, de fato, está ocorrendo em seu restaurante. 

Sendo assim, identifique qual a dívida, qual o valor, como que ela se originou e quanto você precisa para quitá-la. 

Coloque todas essas informações em uma planilha e organize para que você consiga visualizar e garantir a quitação de todas. 

2. Atenção com o fluxo de caixa

Sendo a principal ferramenta de controle de movimentação financeira em seu restaurante, ter atenção com o fluxo de caixa é crucial para identificar possibilidade de reduzir custos e colocar as contas a pagar em dia. 

Com isso, você consegue remanejar o caixa da sua empresa e promover a recuperação gradual. 

3. Renegocie as dívidas

Tendo cumprido essas etapas iniciais, é hora de renegociar dívidas de fato. 

Sendo assim, contate seus fornecedores, banco e afins e encontre as melhores condições de quitação das dívidas, de forma a beneficiar ambas as partes. 

Para isso, vale considerar fazer empréstimos, parcelamentos e afins. 

Mas atenção! Especialmente com bancos, se atente às taxas e juros. 

4. Capital de giro financeiro 

Se recuperar de uma crise e colocar dívidas em dia não é uma tarefa fácil, contudo, é essencial. 

Ao conseguir zerar suas dívidas, o financeiro ainda estará em uma situação delicada e, por isso, essa etapa é tão fundamental. 

Com as suas dívidas quitadas, é a hora de reinventar o financeiro do seu restaurante e gerar um capital de giro financeiro que retome a movimentação econômica, arque com as próximas dívidas e gere lucros.

Tenha apoio de especialistas para tudo isso

Colocar todas essas etapas em prática pode ser algo muito desafiador, sem o suporte de quem entende do assunto.

Mas é para tornar tudo isso mais simples, possível e efetivo que nós, da CA Nova, estamos aqui! 

Como uma contabilidade especializada em restaurantes, estamos preparados para dar todo o suporte necessário para que seu estabelecimento vença completamente a crise!

Portanto, não hesite em contar conosco para sermos o braço direito do seu restaurante, o mantendo em dia com suas obrigações e um financeiro impecável. 

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a C.A. Nova?

Somos uma Empresa Contábil – RJ, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @canovacontabil

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

captcha

Recomendado só para você!
Saiba se a empresa pode cortar benefício de funcionário que…